Nintendo revela a razão de Captain Toad não conseguir pular

Nintendo revela a razão de Captain Toad não conseguir pular

Último Vídeo

Em entrevista com o site IGN, o produtor de Captain Toad: Treasure Tracker, Koichi Hayashida, falou um pouco sobre o desenvolvimento do game e os conceitos que levaram a equipe a fazer certas escolhas. Em 2011, a Nintendo criou vários protótipos para o “próximo jogo do Mario”, um deles era inspirado no modo de apresentação artística denominado diorama, permitindo ao jogador girar e virar o cenário, em mundos bem compactos.

Segundo Hayashida, a equipe de desenvolvimento logo introduziu um personagem com a habilidade de pular; porém, isso matava o conceito da proposta: para apresentar o mesmo nível de desafio, os cenários precisavam ficar imensamente grandes. Então, para conseguir manter os níveis menores, foi feita a opção por não haver a habilidade de pular no game. Outra ideia descartada foi a de ter Link como protagonista, inclusive.

Outro fator interessante da jogabilidade de Captain Toad é que o protagonista é covarde demais para enfrentar os inimigos diretamente. Um exemplo mencionado seria ao lutar contra um dragão vermelho: apenas tentando pegar a estrela no final da fase, uma série de acidentes fariam o chefão ser vencido, de modo completamente despropositado. Além disso, a introdução de Toadette foi feita sob a perspectiva de expandir o gameplay, não para “preencher cotas”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.