Nintendo trabalha para superar os controles atuais

Nintendo trabalha para superar os controles atuais

Último Vídeo

Durante a edição 79 de sua reunião anual com acionistas, a Nintendo afirmou que está trabalhando em formas de evoluir e superar a maneira como os controles de games funcionam. A declaração surgiu após um acionista questionar como os desenvolvedores da empresa se sentem em relação ao fato de que a maneira como jogamos games sentados em frente à TV não mudou muito nas 3 últimas décadas.

Switch Pro Controller

Entre aqueles que respondem o questionamento estavam nomes como Shigeru Miyamoto, Shinya Takahashi e Ko Shiota. Eles citaram que, no passado, a companhia foi responsável pela popularização do D-Pad e dos controles analógicos e, mais recentemente, experimentou com produtos como o 1-2 Switch e o Labo VR.

Para Miyamoto, “devemos rapidamente nos graduar dos controles atuais”. Ele afirma que o objetivo da Nintendo é conseguir uma interface que supera os controles atuais, na qual aquilo que o jogador faz é refletido diretamente na tela e é possível ver claramente o resultado disso. “Isso ainda não foi alcançado”, declarou.

Combinação de hardware e software

Shiota afirma que, embora a divisão de desenvolvimento de hardware esteja encarando o desafio, somente uma parte dos dispositivos criados como resultado vai chegar aos consumidores. “Só vamos lançar um produto no mundo se ele pode ser bem-sucedido em controlar softwares bem. Ainda não inventamos um controle para todos os propósitos que seja diferente qualquer outro dispositivo atual”, declarou.

Joy-Con

“Uma das forças da Nintendo é que não pensamos somente sobre hardware, mas estamos pensando constantemente sobre eles em conjunção com o software. Vamos continuar a colocar nossos melhores esforços na área”, finalizou Shiota.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários