Voxel

Nintendo vence batalha contra vendedores de cartuchos piratas e vai receber US$ 944 mil

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/PolygonNintendo, Square Enix e várias outras companhias de games japonesas venceram uma batalha judicial de longa data contra duas distribuidoras de cartões R4, que funcionam como adaptadores dos cartuchos do Nintendo DS e permitem o uso de jogos piratas no console portátil. A “Big N” anunciou a vitória em seu site oficial nessa terça-feira (9).

A corte de Tóquio determinou que as duas companhias vendedoras de R4 deverem pagar uma indenização de aproximadamente US$ 945 mil (cerca de R$ 1,8 milhão) por danos causados à Nintendo e outras 50 companhias envolvidas no processo. A lista inclui nomes como Konami, Capcom, Level-5 e Namco Bandai.

Cartões banidos

A postagem da Nintendo ainda afirma que a empresa deve continuar lutando contra os vendedores de flashcarts no futuro. No último ano, o governo do Japão já havia banido a importação de cartões R4, pois eles têm o potencial de armazenar emuladores e outros programas piratas.

Chamados de flashcards ou flashcarts, esses cartuchos são usados no DS e 3DS. O banimento aconteceu após seguidas reclamações da companhia de games japonesa.

De acordo com Nintendo, os cartões infringem os direitos de propriedade intelectual da companhia e dos desenvolvedores de games ao permitir a pirataria em massa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.