Nova estratégia da Square tem poucos blockbusters e foco multiplataforma
06
Compartilhamentos

Nova estratégia da Square tem poucos blockbusters e foco multiplataforma

Último Vídeo

Pouco após anunciar a venda da IO Interactive, a Square Enix divulgou quais são seus planos de operação para o curto e o longo prazo. Segundo a companhia detalhou a investidores, ela quer se focar no lançamento de somente um a dois games “blockbusters” por ano, sendo que experiências multiplataforma devem ser priorizadas.

Para o ano de 2018, a companhia promete o lançamento de títulos como Kingdom Hearts III, Final Fantasy VII Remake e do jogo dos Vingadores desenvolvido em parceria com a Marvel. Em outras palavras, todos esses títulos devem chegar às lojas em algum momento que vai até o dia 31 de março do próximo ano.

A companhia também deve apoiar mais jogos de “tamanho médio” e apostar em trazer jogos de plataformas passadas para as atuais — caso de Dragon Quest X. Além disso, ela deve continuar o investimento em títulos multiplayer já estabelecidos, como Final Fantasy XIV, que recebe a expansão Stormblood no dia 20 de junho.

Soluções para o crescimento

Também há planos de continuar o investimento no mercado mobile, que tem se mostrado bastante lucrativo para ela. A grande promessa nesse sentido é Dissidia: Final Fantasy – Opera Omnia, lançado em fevereiro no Japão.

Para completar, a Square Enix deve apostar em um site próprio para vender seus produtos ao redor do mundo, que também deve servir como o espaço para a comercialização de novas remasterizações. Em matérias de plataformas, a empresa pretende continuar dando suporte ao Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e ao PC através do Steam.

Assim como outras desenvolvedora, ela também vai apostar em “jogos como serviços” para garantir um fluxo constante de vendas a partir do mesmo título. A intenção da empresa é que essas ações estimulem seu crescimento no Ocidente, não somente em mercado estabelecidos, mas também em regiões como a India.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.