Novo jogo da Bioware que nem foi anunciado é adiado para depois de 2018

Novo jogo da Bioware que nem foi anunciado é adiado para depois de 2018

Último Vídeo

A Bioware é uma das grandes produtoras de jogos da atualidade e está por trás de jogos como Mass Effect, Dragon Age e muitos outros.  O que pouca gente sabe é que o estúdio já está produzindo um novo game, mas ele mal foi revelado e já foi adiado, para a infelicidade dos fãs (por enquanto, apenas da marca, já que nem sabemos do que se trata).

Quem anunciou o adiamento foi o CEO da Electronic Arts, Andrew Wilson, que disse em uma reunião de investidores que o título da Bioware, que era esperado para até o fim do ano fiscal de 2017 (que acaba em março de 2018), foi adiado para o ano fiscal de 2018 (que termina em março de 2019).

Em outras palavras: o projeto não anunciado pode ter sido adiado apenas algumas semanas ou quase um ano. Mas, afinal, do que se trata esse jogo? Em janeiro, o CEO disse que não é um RPG, o que pode ser um balde de água fria para fãs de Mass Effect ou Dragon Age. Em vez disso, trata-se de um action-adventure, de acordo com as palavras de Wilson.

Bioware

Além de ser um gênero diferente do convencional para a produtora, algo pode ser estranho: o projeto tem como descrição ser um “serviço ao vivo”, sugerindo que a estrutura de títulos como Destiny, The Division e outros pode ser implantada, algo próximo de um MMO. Por mais longe que esteja, o presidente da EA está hypando os fãs.

Um novo jogo baseado em um serviço online e com mecânicas de action-adventure. O que será?

“O design é estonteante, as mecânicas de gameplay são excelentes e a ação é empolgante. O jogo será construído em volta de um serviço em tempo real e, por meio do nosso processo criativo, nós decidimos adicionar mais para a quebra de paradigmas do nosso novo design social para os jogadores. Por conta disso, estamos adiando a data de lançamento para o ano fiscal de 2019”, disse o CEO. E aí, o que será que é o novo jogo?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.