Novo rival do Steam vai permitir a revenda de games digitais
214
Compartilhamentos

Novo rival do Steam vai permitir a revenda de games digitais

Último Vídeo

Em um momento no qual o Steam ainda é praticamente sinônimo de “jogos no PC”, uma nova plataforma competidora quer chamar a atenção dos jogadores por atuar de maneira diferente. Ao contrário do que acontece no sistema da Valve, a plataforma Robot Cache promete dar aos consumidores a oportunidade de revender os jogos digitais em seu catálogo.

Robot Cache

O Robot Cache conta com o apoio de Brian Fargo, CEO da inXile e de Lee Jacobson, executivo que já trabalhou com a Atari no passado. Além de oferecer jogos que podem ser revendidos, o sistema aposta em uma criptomoeda chamada de “Iron” para se destacar — tal qual acontece com o Bitcoin, ele deve ser comprada ou “minerada” pelos usuários.

A revenda de games digitais vai ser possível graças à tecnologia do blockchain, que vai manter registros completos sobre cada transação. A cada vez que uma transação for feita, 25% do valor vai para o sistema: dessa quantia, 70% são revertidos para desenvolvedores e publicadoras — que também vão receber uma fatia de 95% sobre cada game novo vendido (no Steam, ela é de 70%).

Base em criptomoedas

O ponto que pode ser problemático para alguns jogadores é o fato de que, ao revender um game, você não vai receber dinheiro, mas sim o Iron. Como acontece com outras criptomoeadas, flutuações devem fazer com que o valor desse recurso varie, o que pode ter grande influência sobre o sucesso do Robot Cache.

Robot Cache

Até o momento, o sistema ainda não divulgou sua data de lançamento, tampouco a seleção de jogos que vão ser oferecidos por ele. No entanto, há a garantia que o sistema vai ser um pouco mais restrito do que o Steam graças a um processo de curadoria mais exigente — algo que os desenvolvedores consideram necessário para facilitar a descoberta de experiências e garantir que nenhum malware vai entrar na plataforma.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.