Voxel

Novo trailer comemora o ano de lançamento de The Witcher 3

Último Vídeo

Depois de um lançamento mais do que esperado, uma expansão lançada em outubro e várias indicações para os Melhores de 2015 aqui no TecMundo Games, The Witcher 3: Wild Hunt pode comemorar um ano de sucesso. Para celebrar as vendas e a continuação do game para 2016, a CD Projekt Red publicou um trailer relembrando os momentos mais marcantes do jogo e apresentando mais alguns motivos para você enfrentar essa aventura e todas as novidades que estão sendo preparadas para ela nos próximos meses.

Você confere o trailer logo acima, abrindo a matéria. “Este ano foi realmente épico para toda a equipe por trás de The Witcher”, explicou o diretor do jogo da CD Projekt Red, Konrad  Tomaszkiewicz. “Lançamos Wild Hunt, o RPG que trabalhamos por tanto tempo, e então fizemos de tudo para dar aos jogadores todas as DLCs que conseguimos, e então lançamos Hearts of Stone, que - ao julgar pelo feedback dos jogadores - levou o jogo a um patamar ainda maior”.

“E nós inovamos durante o caminho. Se você comparar Wild Hunt com nossos jogos anteriores, quase todo elemento foi modificado e melhorado. Agora estamos trabalhando em Blood and Wine, a expansão final para Wild Hunt que iremos lançar em 2016. Obrigado a todos por estarem conosco por todo este tempo”, concluiu o representante do estúdio.

Blood and Wine estará disponível para compra em 2016, mas os jogadores poderão obtê-lo como parte do Expansion Pass. O Pacote de Expansão garante o acesso à duas aventuras épicas criadas no vibrante mundo do caçador de monstros Geralt of Rivia, oferecendo juntas 30 horas de novos conteúdos, equipamentos e inimigos.

The Witcher 3: Wild Hunt foi lançado no dia 19 de maio para PC, PlayStation 4 e Xbox One — e nossa análise mostrou alguns motivos dele ser um dos favoritos ao título de Melhor do Ano. A primeira expansão, chamada Hearts of Stone, apareceu no dia 12 de outubro e complementou a aventura com muitas novidades.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.