Voxel

Novos trailers revelam que Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies será para maiores de 17 anos. Mas por quê?

Último Vídeo

Tudo bem que a franquia Ace Attorney nunca fez muito sentido — pelo menos enquanto a OAB não liberar o uso de poderes sobrenaturais em julgamentos —, mas os recentes trailers liberados pela Capcom chamam a atenção por conta da estranha classificação indicativa que o novo capítulo da série, Dual Destinies, recebeu.

Como pode ser visto nos vídeos, ambos apontam que o retorno de Phoenix Wright aos tribunais recebeu a classificação Mature do ESRB, o órgão norte-americano responsável pela indicação de faixa etária de cada lançamento. Isso significa que o título é aconselhado para maiores de 17 anos, o que nos faz questionar o porquê dessa mudança.


De acordo com a Capcom, a razão pela qual a série recebeu um M ao invés do tradicional selo Teen (maiores de 13 anos) é por conta da natureza de alguns crimes que terão de ser solucionados ao longo da história. Isso indica que podemos esperar uma evolução significativa na maturidade do enredo, já que há a possibilidade de termos assuntos mais delicados sendo discutidos nos tribunais.

Por outro lado, é incrivelmente incoerente um jogo como Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies ser indicado apenas para maiores de 17 anos enquanto outros como Uncharted e Bully — que é, inclusive, proibido no Brasil — foram classificados com o selo Teen. Por mais pesados que sejam os debates no novo game do 3DS, duvido muito que isso se compare a matar centenas de inimigos em seu caminho ou ser um delinquente juvenil que espanca outras crianças. Tem que ver isso aí.

 Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies chega ao Nintendo 3DS ainda neste ano.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.