Voxel

O NES é vermelho porque o presidente da Nintendo gostava da cor

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/NicoNico News

Em entrevista traduzida pelo site Kotaku ao NicoNico News, o designer de hardware que supervisionou a produção do “Nintendinho” (NES, Nintendo 8-Bits), Masayuki Uemura, fez uma revelação muito peculiar sobre as cores do console. Diferente do que foi afirmado pelo site japonês IT Media, em 2010, o plástico de cor vermelha não era mais barato: o presidente da Nintendo na época, Hiroshi Yamauchi, usava com frequência um cachecol na mesma cor do Famicom, então escolheu o vermelho escuro por simplesmente gostar do tom.

Segundo Uemura, a ideia inicial era lançar o console com um corpo de aço, porém ele se provou frágil demais, então ele optou por um plástico resistente. Além disso, o designer falou sobre a escolha do nome: na época, termos como “personal computer” e “home computer” estavam entrando no vocabulário japonês, então ele pensou que “family” ainda não havia sido usado, por isso optou por “Family Computer”.

Ao comentar isso com a sua esposa, ela disse que “Famicom” era mais fácil de pronunciar, baseando-se no costume japonês de abreviar e aglutinar termos compostos muito longos. Ao apresentar o NES (“Nintendo Entertainment System”, nome nos EUA) como “Famicom” para o presidente da Nintendo, o nome foirejeitado e “Family Computer” foi escolhido por ser considerado mais fácil de entender. Porém, não é preciso dizer que o povão logo abreviou o termo para Famicom.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.