Voxel

“O Wii U precisa ter um preço razoável”, afirma o CEO da Codemasters

Último Vídeo

Segundo o CEO da desenvolvedora Codemasters, Rod Cousens, se a nova proposta da Nintendo quiser mesmo ser competitiva, deverá ter um preço de acordo com o mercado atual. “Todos sabem que [o preço e a data de lançamento do Wii U] serão anunciados em breve”, afirmou Cousens em entrevista ao site britânico MCV. “Eu antecipei novos cortes nos preços para os consoles existentes antes do Natal deste ano, e deve haver mais cortes no ano que vem.”

Ele continua: “Dessa forma, o Wii U precisa apresentar um preço razoável — da mesma forma que a Sony terá que dar ao Vita um preço em meio à competição entre smartphones e tablets. Preços são críticos em um espaço de hardware tão fragmentado”. Dessa forma, o executivo afirma duvidar ambas as empresas (Sony e Nintendo) possam apresentar preços de acordo logo de saída.

Mas a Nintendo é conhecida pela sua capacidade de manobra, é claro. “A Nintendo é esperta. É sempre inovadora”, afirmou Cousens. “Ela já demonstrou essa capacidade no passado, então, vejamos se pode conseguir isso novamente. E a indústria deveria alegrar-se.” Ademais, Cousens acrescenta ainda que a Codemasters levará DiRT e F1 para o novo console da Nintendo — embora DiRT fosse uma garantia, trata-se do primeiro jogo de Fórmula 1 a ser confirmado para a nova plataforma.

De qualquer forma... Permanece a dúvida: quanto exatamente a Nintendo deve pedir pela sua nova proposta inovadora? Quanto seria “razoável” cobrar por algo relativamente sem paralelo no mercado (um mercado já bastante atulhado)? Comente abaixo. O BJ quer conhecer a sua opinião.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.