Voxel

Obama não ataca games em medidas de campanha contra violência

Equipe Voxel
Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia CommonsA comissão que será montada pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não deve focar seus esforços em acusar video games (e outras mídias) de serem as principais causas de incidentes como tiroteios em locais públicos e outros atos de violência.

Essa é a conclusão tirada do último ato do presidente Barack Obama, que fez uma série de recomendações nesta quarta-feira (16) em um relatório de sete páginas publicado no site da Casa Branca. No documento, ele pede que mais esforços sejam feitos em projetos que envolvam saúde mental e restrições de uso das armas de fogo.

Os games são pouco mencionados, ganhando espaço apenas no final do texto: Obama fala que a indústria do entretenimento é a responsável “por dar aos pais ferramentas e a chance de escolher o que as crianças vão jogar”. Além disso, ele sugeriu que US$ 10 milhões sejam destinados para pesquisas que estudem as mídias violentas.

Fonte: Washington Times

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.