Voxel

Ocidentais podem ser envolvidos no desenvolvimento de Zelda, diz Miyamoto

Último Vídeo

Uma entrevista entre Shigeru Miyamoto, o principal diretor criativo da Nintendo, e a Wired revelou detalhes interessantes sobre o futuro das maiores franquias da Big N. Durante a conversa, o pai de Mario e Zelda reafirmou que estaria deixando a liderança dos principais títulos para voltar sua atenção a projetos menores, que ainda estão sendo lapidados por estúdios menos conhecidos.

Além de reafirmar o que já sabíamos, Miyamoto também revelou que ele poderia voltar ao controle dos grandes títulos a qualquer momento se fosse necessário, mantendo a qualidade dos jogos da Nintendo. Ele também revelou que a empresa planeja ficar mais próxima dos estúdios ocidentais na produção de franquias que, antes, só podiam ser "tocadas" pelos japoneses, como The Legend of Zelda.

O diretor criativo mencionou que a saga Metroid Prime foi desenvolvida quase que inteiramente pela Retro Studios, uma empresa estadunidense, sendo que o primeiro game 3D da Samus foi o segundo jogo mais vendido do Game Cube, ficando atrás apenas do Super Smash Bros Melee. O sucesso também foi alcançado com o desenvolvimento conjunto do Mario Kart 7.

Myamoto acredita que o perfil de ideias é diferente entre os orientais e ocidentais, bem como o gosto do público para os jogos. Assim, produções conjuntas poderiam somar o melhor dos dois, alcançando uma audiência ainda maior.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.