OpenCritic vai mudar em protesto a games que abusam de microtransações
85
Compartilhamentos

OpenCritic vai mudar em protesto a games que abusam de microtransações

Último Vídeo

Diante do aumento do número de jogos “Triplo A” que chegam recheados de microtransações — Sombras da Guerra sendo o caso mais recente —, o site OpenCritic decidiu se posicionar contra essa prática. O agregador de análises afirmou que vai passar a adotar um filtro que identifica os jogos que trazem conteúdos pagos adicionais em seu interior.

“Estamos buscando maneiras de mostrar informações sobre o modelo de negócios no OpenCritic”, afirmaram os responsáveis pelo site no Twitter. “Nos deixe saber as formas como podemos categorizar e mostrar ‘a intrusão do modelo de negócios’ nas páginas de games de uma forma justa e escalonável”.

O site pretende deixar claro quando um jogo traz microtransações estritamente cosméticas, se o conteúdo base é gratuito e se há avisos durante o gameplay sobre a possibilidade de comprar vantagens, entre outros fatores. A decisão reflete a insatisfação cada vez maior de consumidores que pagam caro por um game somente para descobrir que não podem obter a experiência completa se não investirem ainda mais dinheiro nele.

Sombras da Guerra

No caso de Sombras da Guerra, a aventura básica pode ser completada facilmente sem investir em qualquer espécie de microtransação. No entanto, para ver seu “final verdadeiro” é preciso gastar um bom tempo evoluindo seus exércitos, contexto no qual se torna mais atrativo investir dinheiro para “acelerar as coisas” — algo que, naturalmente, gerou várias críticas entre os fãs do game anterior, que não trazia nenhuma mecânica do tipo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.