Outono de 2015 será “uma loucura” para o Xbox One, diz Phil Spencer

Outono de 2015 será “uma loucura” para o Xbox One, diz Phil Spencer

Último Vídeo

Agora que o terreno está fértil, os consoles da nova geração podem se “espreguiçar” um pouco mais e começar a entregar o que está faltando ao mercado: volume de jogos. No que depender da biblioteca a caminho do Xbox One no outono de 2015 nos EUA, período de alta temporada nos games, a coisa será “uma loucura”.

Quem disse isso foi o próprio Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, durante um recente Podcast de Larry Hryb, o Major Nelson da LIVE. “Olhando os cronogramas de produção e a maneira como as coisas estão se alinhando, o próximo outono será uma loucura. Eu digo, o atual outono, do ponto de vista das first e das third parties, já é ótimo. O próximo, honestamente... Não estou querendo criar hype nem nada... Não sei se conseguiremos lançar tudo o que há para lançar na próxima temporada. Vai ficar muito lotado e talvez tenhamos que adiar algumas coisas”, disse o executivo.

2015: um ano abarrotado

Em função do apertado calendário que o promissor 2015 já enfrenta, Spencer disse que “talvez seja preciso” adiar algumas coisas e ressaltou o bom momento competitivo que vive o mercado. “Acho que é um bom momento para competir. Algo que estou aprendendo no trabalho é que você deve planejar tudo com bastante antecedência. É preciso se certificar de que existam unidades suficientes para que todos possam entrar nas lojas e comprar. Fazer o inventário, a precificação, os bundles, há muita coisa. Temos o bundle com Assassin’s Creed Unity, com Sunset Overdrive, com Call of Duty de 1 TB de HD... Tudo com desconto temporário... Acho que é um bom momento. Estamos num bom momento”, endossou Spencer.

Nomes como Quantum Break, Phantom Dust e até mesmo Shenmue vieram à tona. A Microsoft tem a desafiadora tarefa de botar no mercado, só em 2015, games da lapa de Rise of the Tomb Raider, Halo 5: Guardians, Quantum Break, o novo Crackdown, Scalebound e mais.

É muito exclusivo! E quem ganha somos nós, jogadores. Portanto, que venham. Obrigado, Phil Spencer.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.