Voxel
225
Compartilhamentos

Pachter acredita que 3DS será único portátil a sobreviver ao mercado mobile

Último Vídeo

Em uma entrevista à revista Game Informer, o analista Michael Pachter, da Wedbush Morgan, afirmou que acredita que o Nintendo 3DS conseguirá manter o seu sucesso em meio ao conturbado mercado mobile, mas que o mesmo não pode ser dito sobre o PlayStation Vita, que, de acordo com ele, deverá “sofrer uma longa e dolorida morte”.

Para justificar o seu ponto, Pachter citou as baixas vendas do portátil da Sony. Para ele, 4 milhões de unidades por ano (com possibilidade de queda) é muito pouco para sustentar um console. Ao mesmo tempo, o portátil conta com poucos jogos em seu catálogo justamente por ser um mercado pequeno.

Ao mesmo tempo, Pachter acusa o Vita de ser muito caro para jogadores casuais. “Entre gastar US$ 200 em um Vita ou pegar um celular HTC de graça renovando seu plano de celular, as pessoas vão escolher o celular. Desse modo, a Sony nunca vai alcançar o mercado casual”, explicou.

Enquanto isso, nem mesmo a conectividade com o PlayStation 4 fez o analista mudar de ideia. “Eu não entendo. Primeiro eles tentaram vender o Vita como um controle extra, o que é ruim. Eu preferiria pagar US$ 50 dólares em um controle extra. Depois eles passaram a vender a ideia de que o Vita é bom para compartilhar a televisão quando algum programa estiver passando. No entanto, a maioria das pessoas que tem conflitos em casa por conta disso já tem seus consoles em uma televisão específica para jogos. Eu concordo que se trata de recursos legais, mas eles não deixam de ser limitados”, justificou-se.

Por fim, Pachter comentou sobre o futuro do portátil no mercado. Segundo ele, apesar de o Vita ser o melhor que a Sony poderia fazer, o mercado de portáteis existe por conta da Nintendo e é ela que conta com a melhor reputação no setor. “Eu acredito que a Sony avaliou mal o tamanho do mercado quando esqueceram o mercado de smartphones destruindo a fatia dos jogadores casuais nos portáteis. Ao mesmo tempo, a Nintendo também não pretende dividir a sua fatia dos jogadores hardcore, uma vez que para cada jogo da Sony, a companhia tem três outros jogos. E eles são bons”, concluiu.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.