Voxel

Pachter: “Fraqueza da Nintendo” e “fatiga do público” são principais motivos para fracas de 2012

Último Vídeo

Nesta terça-feira (8), o analista Michael Pachter, do NPD Group, deve apresentar seu relatório de vendas de dezembro. De acordo com uma entrevista do analista ao site Games Industry, no entanto, o resultado não deve ser nem um pouco animador.

Segundo Pachter, as vendas de softwares caíram 11% durante o ano de 2011, fenômeno atribuído pelo analista à “fatiga dos gamers” e à “fraqueza permanente da Nintendo” – algo reforçado pelo que Pachter chamou de “um lançamento pouco surpreendente” do Nintendo Wii U.

Fonte da imagem: iStock
Apesar de as vendas do console terem sido bastante satisfatórias, com 675 mil unidades vendidas em dezembro, em outras partes do mundo (como o Reino Unido) o video game falhou em colocar seus títulos entre os mais vendidos.

Já outro alvo das críticas de Pachter é a série Call of Duty, cujas vendas caíram 20% esse ano. Algo responsabilizado pelo analista por Black Ops 2, que “teria falhado em saciar as expectativas do público”.

Games tradicionais e expectativas de vendas

De acordo com Pachter, as companhias que sobreviveram ilesas a 2012 foram aquelas que apostaram no público tradicional. Por conta disso, elas deverão beneficiar-se quando o mercado de games for reaquecido a partir de 2014.

Ao mesmo tempo, Pachter também prevê que jogos como BioShock Infinite, Dead Space 3 e Grand Theft Auto 5 devam ser estouros de vendas. Ainda assim, o analista acredita que a queda no mercado deve continuar de maneira geral até o lançamento das plataformas de próxima geração.

Fonte: Games INdustry

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.