Voxel

Para criador de Mario e Zelda, designers de jogos precisam ser mais passionais

Último Vídeo


Em entrevista, Shigeru Miyamoto criticou a preocupação com custos que é cada vez mais presente durante o desenvolvimento de grandes títulos. Segundo o criador de Mario, Zelda e diversos outros sucessos da Nintendo, é preciso sim ser responsável, mas sem perder a paixão de se estar criando algo extraordinário. Para ele, que normalmente é criticado por isso, a abordagem controladora é a ideal para qualquer diretor de games que se preze.

Segundo Miyamoto, a fixação dele por perfeição data do tempo em que ele ainda era um desenhista amador, que sabia que seus trabalhos eram a forma pela qual ele seria reconhecido. Para o designer, a ideia de que um jogo está “passável” não é a ideal, é preciso ter altos padrões e exigir sempre o máximo de si mesmo e da fórmula que está sendo abordada.

As declarações foram feitas na última edição do Iwata Asks, espécie de talk-show na qual o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, se encontra com desenvolvedores ou pessoas-chave da indústria para conversar sobre desenvolvimento e jogos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.