Voxel

Para criar novos projetos, diretor de Bayonetta se ausenta de sequências

Último Vídeo

Hideki Kamiya trabalhou em Devil May Cry, mas seu nome não aparece na sequência do jogo. Ele também foi diretor de Bayonetta, mas não ocupa o mesmo cargo no segundo título, e há um motivo para isso.

Falando ao site Kotaku, Kamiya explicou que não teria problemas em trabalhar em sequências. Aliás, ele até gostaria de fazer algumas, mas que se isso acontecesse ele não teria tempo para criar coisas novas.

“Não que eu não queira fazer sequências – quero muito! Mas considerando a natureza de minha posição, eu não tenho essa chance. Alguém precisa oferecer novas opções para os jogadores e fazer o trabalho de plantar as sementes que se tornarão pilares fortes”, comentou Kamiya.

“Pode parecer um pouco presunçoso, mas acho que esse é o meu propósito. Se estivesse envolvido com Devil May Cry 2, então Viewtiful Joe e Okami talvez nunca seriam feitos. Se estivesse dirigindo Bayonetta 2, nunca teria feito The Wonderful 101”, concluiu o diretor de Bayonetta.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.