Voxel

Para Crytek, gráficos representam 60% de um jogo

Último Vídeo

Img_normal
Todos sabemos que a Crytek leva a parte gráfica de um jogo muito a sério. Basta olhar para a série Crysis para que qualquer dúvida desapareça. E isso deu início a muitas críticas sobre a supervalorização que a empresa dá ao visual, deixando de lado outros aspectos importantes em um game.

E o todo-poderoso do estúdio, Cevat Yerli, comentou à Xbox 360 Magazine um pouco sobre seu ponto de vista em relação ao que realmente pesa em um título. Segundo ele, quanto melhor forem os gráficos, a física e demais aspectos técnicos, melhor será o jogo, pois isso representa nada menos do que 60% dele.

Para Yerli, basta olhar para Crysis para ver o quanto isso tudo é importante, pois o visual sempre influencia na jogabilidade e na capacidade de interação entre jogador e o mundo à sua volta. Ele cita o exemplo do último título da série, em que o nível de detalhamento em elementos como vegetação permite que o jogador preveja as ações da inteligência artificial a partir do movimento das folhas.

Ele também aponta os efeitos de iluminação, como luzes e sombras, como fatores que ajudam a criar o contexto emocional ideal e, assim, gerar um nível diferenciado de imersão.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.