Voxel

Para Crytek, transição para modelo gratuito é objetivo para os próximos anos

Último Vídeo

Img_normal
Cansado de pagar R$ 200 a cada lançamento? Pois isso pode deixar de ser necessário no futuro, já que a tendência é que os grandes games cheguem aos consoles já no formato free-to-play. Ao menos é essa a previsão que a Crytek tem para o mercado, como revelou seu diretor-executivo, Cevet Yerli, ao site VentureBeat.

Segundo ele, o objetivo primário da empresa é fazer com que a transição para esse modelo gratuito seja feito completamente entre dois e cinco anos, mostrando que a companhia realmente aposta na ideia de permitir que as pessoas joguem de graça.

Para Yerli, ainda estamos em um momento de mudanças e que é inviável partir para o free-to-play de uma hora para outra e que a Crytek ainda continua com seus games pagos, mas não sem investir em material gratuito. Tanto que Warface já chegará ao mercado sem cobrar nada do jogador e com a qualidade de um AAA.

O diretor-executivo conta que a estratégia do estúdio é simples: continuar elevando o patamar de qualidade nos consoles ao mesmo tempo em que observa e acompanha a evolução do mercado de free-to-play, que está em pleno desenvolvimento. A ideia é fazer com que, dentro de alguns anos, Warface não seja a exceção, mas a nova regra.

Fonte: VentureBeat

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.