Voxel

Para Miyamoto, jogos devem ser de propriedade do comprador

Último Vídeo

Img_normalA política de jogos usados da Microsoft para o Xbox One revelou os planos da companhia de mudar o funcionamento do sistema de propriedade de um jogo para uma abordagem baseada em licenças de uso. Entrevistado pelo site Eurogamer a respeito do assunto, o designer Shigeru Miyamoto (mais conhecido por ser o criador de algumas das principais franquias da Nintendo) acredita que jogos, da mesma forma que brinquedos, deveriam ser de propriedade do comprador, e não da fabricante.

“É importante ver a Nintendo quase como uma fabricante de brinquedos que está fazendo essas coisas para que as pessoas brinquem e joguem. Como um consumidor, você quer manter essas coisas desde a sua juventude e poder voltar e ter as mesmas experiências a qualquer momento”.

O eShop, a loja digital da Nintendo, já permite que os jogadores transfiram o conteúdo digital entre um DSi e um 3DS ou entre um Wii e um Wii U. Contudo, a empresa ainda precisa trabalhar em um sistema de contas para permitir que os jogadores acessem o seu conteúdo de qualquer console. Hoje, se alguém perde o seu 3DS, por exemplo, todo as licenças digitais associadas a esse console são perdidas também.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.