Phil Spencer defende a falta de exclusivos de geração para o Xbox Series X

Phil Spencer defende a falta de exclusivos de geração para o Xbox Series X

Último Vídeo

Hoje (10), em uma entrevista com a Gamertag Radio, Phil Spencer, chefe de divisão do Xbox, revelou quais são os planos da Microsoft para a próxima geração de consoles com o Xbox Series X.

Anteriormente, o chefe da Microsoft Studios, Matt Booty, afirmou que os jogos exclusivos do Xbox também estarão disponíveis na geração atual pelos próximos dois anos após o lançamento do Series X. A ideia é que títulos como Halo Infinite poderão ser jogados em todos os modelos, mas apresentarão gráficos bem melhores no novo console.

Já Phil Spencer, deu mais detalhes sobre esta decisão, dizendo que a visão de futuro da Microsoft pretende “focar mais no jogador e não no dispositivo”. Segundo ele, essa concepção foi moldada pois a empresa está muito próxima dos desenvolvimentos de jogos para PC, sendo assim, puderam ver de perto que games de última geração também podem ser rodados em máquinas mais antigas, o que significa que os mecanismo e capacidades atuais dos desenvolvedores permitem a possibilidade de usar hardwares mais antigos para títulos mais atuais.

 “Queríamos criar um console de jogos que fosse realmente o melhor que poderíamos oferecer para quem joga usando a televisão e dar aos criadores o máximo de recursos exclusivos possíveis para que possam fazer ótimos jogos. Mas não desejamos fazer isso excluindo todos os outros. E isso também bate com a vontade dos desenvolvedores, porque eles desejam alcançar o maior público que puderem. E sim, sempre é preciso fazer alguns comprometimentos”, afirmou Spencer defendendo a falta de exclusivos para o futuro Series X.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários