Phil Spencer exalta importância dos exclusivos no Xbox One e promete na E3
02
Compartilhamentos

Phil Spencer exalta importância dos exclusivos no Xbox One e promete na E3

Último Vídeo

Phil Spencer, o novo chefão da marca Xbox, “chegou chegando” e não poupou palavras ao dizer que “há um gamer no comando” e que o Xbox One ainda vai surpreender a todos. Em uma recente entrevista ao canal Fortune, da CNN, o executivo endossou justamente os títulos exclusivos para o console, algo que é mais do que crucial na visão de Spencer.

“Os jogos exclusivos vão sempre exercer um papel fundamental para o Xbox na nova geração, assim como na geração anterior. Essa E3 é importante para mostrarmos aos jogadores nossos futuros planos com os exclusivos e o apoio dos third-parties”, exaltou o chefão em entrevista ao referido veículo.

“Temos um forte line-up de exclusivos em desenvolvimento e a coisa só vai melhorar”

Spencer endossou os aguardados títulos exclusivos que estão em desenvolvimento para o Xbox One e disse que “haverá muito mais na E3”. “Neste momento, temos um forte line-up de jogos exclusivos em desenvolvimento, incluindo títulos como Sunset Overdrive, Project Spark, Quantum Break e Halo, além de alguns games empolgantes que vamos mostrar na E3. A E3 será ótima para que possamos compartilhar jogos a caminho exclusivamente do Xbox One, e a coisa só vai melhorar”, reforçou.

O executivo discutiu também a possibilidade de o Xbox One ser um ambiente mais “amigável”, no sentido de ser um reduto capaz de abrigar títulos mais casuais, como Minecraft e World of Tanks, que foram exemplificados pelo chefão da divisão Xbox.

Resta aguardar a E3 e ver as cartas que a Microsoft tem na manga – até agora, o Xbox One vai bem nas prateleiras, e seus exclusivos têm tido respaldo. Convém lembrar que a empresa prometeu “15 títulos exclusivos” no primeiro ano de vida do console (como mostra a imagem acima), e esse ciclo terminaria em novembro deste ano, quando o Xbox One completará um ano de vida.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.