Phil Spencer sobre mais exclusivos no Xbox: 'temos que trabalhar nisso'

Phil Spencer sobre mais exclusivos no Xbox: 'temos que trabalhar nisso'

Último Vídeo

Phil Spencer, o grande chefão do Xbox, recentemente participou de uma entrevista de mais de 40 minutos com a revista Fortune e falou muito sobre o mercado de games e a sua participação nessa indústria. Além de citar a longevidade dos games e como as empresas estão participando disso, ele relatou que a Microsoft está investindo cada vez mais em aumentar a sua linha de exclusivos para os fãs nos próximos anos.

"Poucas pessoas ligam o seu Xbox e ficam encarando a tela inicial. As pessoas ligam o Xbox para jogar os jogos, e eu acho que nós termos uma line-up forte de exclusivos no Xbox significa que, quando eu penso em Xbox, eu também pensarei em jogos de qualidade. Temos que trabalhar nisso. Nós não fizemos o melhor trabalho nos últimos anos com a nossa lista de exclusivos", explicou Spencer na ocasião.

"Nós fizemos um esforço consciente para investir em nossos exclusivos. Creio que parte disso é estar no palco e anunciar a aquisição de estúdios, mas outra parte também são as contratações que estamos fazendo para os estúdios que já temos. Parte disso é garantir que temos a quantia certa de tempo e estamos disponíveis para focar. E nem sempre é fácil agendar essas coisas e garantir que temos o tempo certo para acertar as coisas. Isso nem sempre foi verdade na organização, mas me sinto bem com isso. Eu sei que os nossos fãs querem nos ver fazendo melhor e os times estão completamente alinhados com esse desejo", completa.

A mente por trás do Xbox também explicou um pouco a sua visão sobre os jogos como um serviço. "Se você for para o outro extremo das gerações antigas de console, todos os jogos rodariam apenas naquele console. Quando o próximo console sair, você coloca tudo em uma caixa velha, no armário, e tudo é completamente novo, não? E você diz okay, esse não é um cenário que ajuda os games a crescerem. O que ele faz é causar uma pessoa que estava com o último console a comprar jogos novos em uma plataforma nova, e nós queremos criar uma diferenciação real pois houve uma facilidade no desenvolvimento."

"Agora você olha para os jogos que estão aí, a Blizzard acaba de lançar o 15º aniversário de World of Warcraft. São games que tem mais de uma década de vida e ainda são interessantes para as pessoas que participam desses jogos. E eu acho que a nossa função como uma indústria de games, se você quer investir seu tempo e seu dinheiro nessas grandes franquias, nós devemos fazê-los viver o maior tempo possível", completa.

Spencer também compartilhou recentemente a sua visão do mercado de videogames e explicou que ele não se resume ao número de jogos vendidos. Em outra ocasião, ele também falou sobre a inclusão e o fim da toxicidade nos games.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários