Voxel
03
Compartilhamentos

Phil Spencer fala sobre exclusivos e explica estratégia do Xbox na BGS 2017

Último Vídeo

Durante a Brasil Game Show 2017, tivemos a honra de conversar com Phil Spencer, o chefão do Xbox One e de todo o setor de jogos da Microsoft. Entre os diversos assuntos que conseguimos conversar com ele, um deles foi sobre os comentários de falta de jogos exclusivos na plataforma e o foco em serviços. Afinal, como o console está se posicionando e qual é a estratégia?

Phil Spencer com toda a sua simpatia nos explicou que tudo o que a Microsoft faz é para agradar os gamers. De acordo com o executivo, se as pessoas dão feedback que querem ver mais jogos na plataforma, isso é ótimo, pois só prova que há uma grande comunidade de jogadores que quer ver o sucesso do console e quer games ainda mais incríveis por lá, que vão marcar as memórias e ter um papel fundamental em sua vida como jogador.

Segundo Phil Spencer, não há problema nenhum em games do Xbox One saírem no computador: são duas plataformas complementares, não concorrentes. A ideia é ir e apoiar os jogadores onde eles estiverem, mesmo que seja em outros consoles. Ficou confuso? Calma. Phil Spencer dá como exemplo Minecraft, um dos maiores e mais importantes jogos da Microsoft na atualidade e que também está em video games da Nintendo e Sony.

O PC e o Xbox One são plataformas complementares, não concorrentes", diz Phil Spencer

O chefão adora saber que há muitos jogadores de Minecraft no Xbox One, mas não quer evitar que outras pessoas possam jogá-lo também. Essa filosofia humilde e inclusiva que Phil Spencer prega é uma vantagem para toda a comunidade gamer e seria incrível ver outras companhias fazendo o mesmo, não?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.