Phil Spencer promete muitas mudanças para o Xbox One

Phil Spencer promete muitas mudanças para o Xbox One

Último Vídeo

Phil Spencer pode ter acabado de tomar o cargo de líder da divisão do Xbox, mas muito já aconteceu desde então – entre elas, a demissão de vários funcionários e a promessa de que a presença de um “gamer no comando” deve levar o Xbox One para uma nova era. A grande pergunta, no entanto, continua: será isso suficiente para levantar o console da Microsoft?

Embora não seja fácil trazer uma resposta sendo que Phil Spencer está há pouco tempo nessa posição, tudo indica um futuro promissor para. No Twitter, por exemplo, Spencer conversou com várias pessoas, mostrando estar atento aos desejos do público, além de estar se dedicando ao máximo para tornar o Xbox One bem-sucedido – o que inclui, por exemplo, incentivar desenvolvedores a trazerem a melhor E3 possível.

Muitas mudanças pela frente

As palavras dele, aliás, serviram como ótima fonte de informação para o que esperar no futuro do Xbox One. Uma promessa interessante, por exemplo, foi a de trazer uma função do Skype que ativa o Kinect automaticamente ao iniciar uma conversa, desligando o acessório logo depois:

“Bom pedido, nós ouvimos esse. Na lista.”

Outra boa notícia para as pessoas que querem curtir o console em família é a chegada de vários games com esse foco:

“Sim. Uma das razões pelas quais eu quis Powerstar, Max, Peggle, etc. Nós também precisamos de mais jogos cooperativos de sofá que famílias possam aproveitar.”

O que mais chamou a atenção aqui, no entanto, apareceu quando vieram criticar o Xbox One, dizendo que Spencer era agora o novo culpado pela LIVE Gold obrigatória para jogar multiplayer. Em resposta, o chefe do Xbox disse:

“Sim, pode me culpar. Eu vou colocar minhas mudanças de planos no lugar em breve, mas no meio tempo pode vir.”

Um futuro nebuloso, mas promissor

Mas afinal, de que tipo de mudança de planos Spencer estaria falando? Infelizmente, nada específico foi revelado até o momento. Uma entrevista recente com Major Nelson, no entanto, nos deu uma boa ideia do ponto de vista do chefe da divisão do Xbox; logo, ela pode também servir como indicação do que vem pela frente nesse assunto.

A ideia aqui, ao que tudo indica, é trazer novamente o “selo gamer” ao console – algo que muitos acreditam ter desaparecido depois de a Microsoft revelar o Xbox One com um enorme foco nas funções de TV. Por falar nisso, Phil Spencer admitiu que a empresa cometeu vários erros estratégicos ao lançar o aparelho (embora não tenha apontado nada em especial) e disse estar trabalhando para rever essas decisões.

Novamente, é importante frisar que ainda é cedo para dizer até que ponto as promessas de Spencer vão se concretizar. Estas, é claro, mostram um enorme potencial, mas é provável que vejamos o resultado de tudo isso apenas durante a E3.

Focar no público gamer (e principalmente o hardcore) traz uma última dúvida: e quanto aos jogadores casuais e a disputa contra os títulos sociais dos dispositivos móveis? Em resposta a isso, Phil Spencer diz haver espaço para ambos no mercado, usando a TV e o cinema como exemplo – ambos não entram em conflito um com o outro, sendo apenas complementares.

Dessa forma, o único objetivo dele é manter o Xbox One na vanguarda de tudo o que são os jogos, tendo a certeza de ter os melhores desenvolvedores para ajudá-lo nisso.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.