Com pior campanha possível, TShow é rebaixada após 14 derrotas seguidas

Com pior campanha possível, TShow é rebaixada após 14 derrotas seguidas

Último Vídeo

O 2º split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) foi marcado pelos contrastes. Enquanto seis times do lado de cima da tabela lutaram até o último jogo da fase de grupos para saber quem seriam os classificados para os playoffs, TShow e CNB estavam na lanterna do campeonato, muito longe da zona de classificação, só olhando a briga do lado de fora.

Desde o começo do campeonato, a TShow era vista como o time com menos chances de classificação. Sem nomes de expressão em sua lineup, era previsível que a falta de experiência dos bodes contaria negativamente para a equipe. Principalmente quando o jogador que era a referência do time, o top laner Nyu, foi banido do competitivo de LoL pela prática de elo job (receber dinheiro para upar a conta de outras pessoas).

Mesmo com tantos contras, nunca na história desse país no CBLoL um time acabou um campeonato sem vencer nenhuma partida. Na sexta rodada desse split, TShow empatou com a Jayob de 2015 com o ingrato recorde de mais derrotas consecutivas: 10. Porém, até mesmo a Jayob conseguiu dar a volta por cima e alcançou duas vitórias no final do campeonato, resultado que a TShow não conseguiu e que concedeu a eles a pior sequência de jogos da história do torneio.

De mal a pior

Não faltaram motivos para a péssima campanha da TShow no CBLoL. Para começar, com o banimento de Nyu, a equipe teve que correr atrás de um top laner de última hora. Como a maioria dos jogadores com o mínimo de experiência já estavam acertados com outros times, eles escolheram o b4dd, um jogador da Soloq brasileira (reconhecida por ter muitos jogadores tóxicos e com pouca experiência em jogar em equipe) e que nunca havia disputado um campeonato importante.

A atuação do top laner fez jus ao próprio nick, já que ele não conseguiu fazer boas partidas no campeonato. E a culpa disso não necessariamente foi dele, pois, além de ter caído de paraquedas no maior campeonato de LoL do Brasil, vários jogadores da equipe ficaram desmotivados durante o campeonato, o que dificultou o aprendizado do novato e, principalmente, o desempenho deles durante o torneio.

A falta de ânimo dos jogadores foi tanta que até o técnico Dezenove pediu desligamento da equipe no meio do campeonato. “Vejo que também falhei na minha função mais importante: motivar minha equipe. A verdade é que uma pessoa desmotivada não tem condições de inspirar ou liderar”, twittou Dezenove. Com o desfalque na liderança da equipe, os bodes contrataram Pirox, depois de mais da metade do campeonato ter passado.

Juntando desmotivação e inexperiência, não teve como o time conquistar sequer uma vitória no CBLoL. Com o resultado, a TShow voltará para o Circuito Desafiante – espécie de série B do campeonato nacional de LoL – e tentará conquistar novamente o acesso à elite do game no 1º split de 2018.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.