Voxel

Piratas do PS3 passam ao código aberto

Último Vídeo

Lembram-se do PSJailBreak, o dispositivo USB que piratas conseguiram criar para burlar os sistemas de segurança do PlayStation 3? Pois agora já existe um outro similar chamado PSGroove, com a diferença de que este último é criado com código aberto, o que resulta em um preço muito menor do que o de seu predecessor (25 dólares contra 150 dólares) e na possibilidade de compartilhamento da tecnologia.

O objetivo inicial dos criadores de tal dispositivo não era rodar jogos falsificados, já que o Backup Manager — software que permite ao usuário jogar games piratas — não é suportado pelo PSGroove. Mas com o código aberto várias outras pessoas menos bem-intencionadas já estudam a possibilidade de inclusão da funcionalidade na gama de opções do produto.

A grande pergunta é se esse tipo de iniciativa pode acabar por popularizar o pirateamento do sistema da Sony, que ainda não se pronunciou a respeito. Medidas de segurança já estavam sendo estudadas para combater o PSJailBreak, então é de se esperar que os engenheiros da companhia já estejam de olho nesta nova iniciativa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.