Platinum diz que compartilha com a Microsoft culpa por Scalebound

Platinum diz que compartilha com a Microsoft culpa por Scalebound

Último Vídeo

Quando a Microsoft anunciou em 2017 que estava cancelando Scalebound, jogo desenvolvido em parceria com a Platinum Games, foi ela quem mais sofreu com o descontentamento e críticas do público pela decisão. Segundo o chefe da desenvolvedora, Atsuhi Inaba, ela se arrepende dessa situação e afirma que não foi fácil observá-la.

Scalebound

“Ver os fãs ficarem zangados com a Microsoft quanto ao cancelamento não foi fácil de assistir”, afirmou Inaba em uma entrevista à VGC. “Porque a realidade é que, quando qualquer jogo em desenvolvimento não pode ser lançado, é porque ambos os lados falharam”, complementou o executivo.

Compartilhando responsabilidades

Inaba afirmou que o desenvolvimento de Scalebound não estava seguindo o caminho que precisava e que a Platinum “não fez tudo o que precisava como desenvolvedora”. Ele também reafirmou que a propriedade intelectual pertence à Microsoft e não tocou nos rumores (até o momento aparentemente infundados) de que o projeto poderia ter uma nova chance no Switch.

"a realidade é que, quando qualquer jogo em desenvolvimento não pode ser lançado, é porque ambos os lados falharam”

Independentemente do que acontecer com a ideia no futuro, Inaba afirma que todo seu processo de desenvolvimento e cancelamento ajudou a Platinum a crescer como estúdio. No momento, a empresa tem entre seus projetos Bayonetta 3 e Astral Chain, ambos títulos exclusivos do Nintendo Switch.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários