Pokémon GO: Niantic investiga usuários de Xiaomi por ban injusto

Pokémon GO: Niantic investiga usuários de Xiaomi por ban injusto

Último Vídeo

Não é de hoje que as pessoas estão apaixonadas pelo Xiaomi, porém (por mais que pareça) nem tudo é perfeito! Desde a última atualização do Pokémon Go, alguns usuários do smartphone chinês reportaram seu banimento apenas por estar utilizando o tal celular.

Pelo que parece, os banimentos sem motivo se devem a alguns processos específicos do Xiaomi, como o modo Game Turbo, por exemplo, no qual o smartphone bloqueia notificações e dá funcionalidades extras, como capturar prints da tela e gravar partidas. Além, é claro, de alocar mais recursos de CPU e GPU, para um melhor desempenho com jogos.

(Fonte: XDA Developers/Reprodução)

Esse modo, por “alterar” as configurações do celular, acaba ativando o modo anti-trapaça do Pokémon Go, gerando o banimento do jogador, pois o game entende que a funcionalidade seria um tipo de ameaça a “igualdade” para todos os usuários dentro do game.

E agora?

Após inúmeros relatos de usuários dos modelos Redmi Note 5 Pro, Mi 8, Redmi Note 7 Pro e Mi 9, a Niantic já havia se pronunciado dizendo que investigaria o seu sistema, que bloqueava o usuário ao usar o Game Turbo.

Mais reclamações depois, a empresa do Pokémon Go, relatou:

“Como um update das nossas investigações sobre jogadores dos aparelhos da Xiaomi, nós continuamos investigando esses reports, revisando as punições e banimentos onde for apropriado. Obrigado pela paciência”.

O que resta agora é aguardar que a Niantic retire os banimentos dos que foram afetados de forma errada e conserte o sistema, para que o modo turbo do Xiaomi deixe de causar problemas para os jogadores.

Pokémon GO está disponível para iOS e Android.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários