Político do EUA quer lei que proíbe caixas de loot para menores de 21 anos
218
Compartilhamentos

Político do EUA quer lei que proíbe caixas de loot para menores de 21 anos

Último Vídeo

Após criticar duramente a presença de caixas de loot em jogos como Star Wars Battlefront II, o político Chris Lee, do Hawaii, divulgou seu plano para uma nova lei que vai limitar o acesso a jogos com essa mecânica. Na proposta dele, games com esse tipo de monetização só poderão ser vendidos nos Estados Unidos a quem comprovar que tem 21 anos de idade ou mais.

Segundo Lee, as restrições se aplicariam a qualquer tipo de jogo no qual uma compra trouxesse uma “chance percentual” de obter um item mediante um pagamento. No entanto, elas não seriam colocadas em games que permitem usar dinheiro extra para comprar exatamente o item que você deseja obter.

As restrições se aplicariam tanto à venda de versões físicas quanto às versões digitais de games vendidos em sistemas como o Steam e o GOG. Ele também quer proibir que empresas usem algoritmos para diminuir a probabilidade de um item bom sair em uma caixa de loot quando o jogo detecta que uma pessoa está bastante disposta a comprá-las.

“Ao contrário de jogos de festivais, cartas coletáveis ou produtos que envolvem sorte, video games exigem uma participação ativa e longa durante a qual os jogadores estão expostos a técnicas de manipulação psicológica que podem resultar em vício e danos reais”, afirmou Lee. “A escala e facilidade de acesso a esses jogos torna lidar com esses assuntos algo crítico”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.