Voxel

Portabilidade de The Elder Scrolls Online ao PS4 e Xbox One é “bem mais fácil”, diz executivo da Bethesda

Último Vídeo

Img_normal

Apesar de ser uma franquia de nicho, The Elder Scrolls ganhou peso mundial com o decorrer dos anos e principalmente com os dois últimos games, Oblivion e Skyrim. Nada mais plausível, então, do que transferir todo o universo de fantasia medieval da série a um MMO. É o que a Bethesda pretende entregar com The Elder Scrolls Online, que, além do PC, chegará ao PS4 e o Xbox One. E, segundo Pete Hines, vice-presidente da companhia, a portabilidade aos consoles é “bem mais fácil” do que ocorreu na migração dos outros games ao PS3 e o Xbox 360.

“Não é tão fácil [fazer a portabilidade aos próximos consoles], mas é mais fácil. Não estou tentando insultar a Sony ou a Microsoft, mas a configuração é a de um PC de ponta, eu digo, a maneira como os hardwares foram arquitetados. É muito mais fácil desenvolver para esses consoles, embora as conversões ainda não estejam prontas”, afirmou o executivo ao site Official Xbox Magazine.

Img_normal

Mas os elogios aos futuros consoles vieram acompanhados de algumas ressalvas. Segundo Hines, alguns conflitos e problemas tendem a ocorrer nas versões de The Elder Scrolls Online ao PS4 e ao Xbox One. “Eles [consoles] não combinam um com o outro. PC e Mac se combinam, mas o Xbox One é uma coisa e o PS4 é outra. Esse negócio de [desenvolver em] cross em plataformas é simplesmente um pesadelo”, alertou.

O executivo deixou no ar uma sutil preferência ao console da Microsoft dizendo que “estão ansiosos” para desenvolver ao Xbox One. “Se estamos ansiosos para desenvolver no Xbox One? Sim. É uma bela máquina robusta que permite que façamos coisas bacanas e possamos inserir mais coisas legais ao jogo”, elogiou.

The Elder Scrolls Online será lançado para PC, PlayStation 4 e Xbox One em 2014.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.