Afinal, é possível correr com quase 40 quilos de equipamento em Doom?
01
Compartilhamento

Afinal, é possível correr com quase 40 quilos de equipamento em Doom?

Último Vídeo

Quem nunca se perguntou como é possível que aqueles sujeitos (mesmo sendo fisicamente abençoados) conseguem pular, se esquivar, correr e atirar enquanto carregam várias dezenas de equipamentos pendurados em partes diversas do corpo? Digamos, o protagonista de Doom, com sua motosserra, sua submetralhadora, seus kits de primeiros socorros etc. Será que isso realmente é possível?

Sim, isso parece a frase de efeito do início de um episódio de MythBusters (“Os Caçadores de Mitos”). Não, não é por acaso. De fato, os especialistas em efeitos especiais que tocam o programa — Adam Savage e Jamie Hyneman — resolveram colocar à prova o feito hercúleo dos caçadores de monstros da série. E isso trazendo toda uma fase de Doom para o mundo real.

A “fase”

Mas os dois apresentadores cheios de estilo tiveram ajuda, é verdade. Para dar legitimidade ao teste, foi chamado Tim Willits, diretor criativo da id Software e perito na criação de fases de Doom há mais de 20 anos. O local escolhido foi uma base militar abandonada, o qual, segundo o crivo de Willits, bem poderia se passar por uma fase de Doom. De fato, o sujeito chegou a elaborar uma versão virtual do local — “Muito legal isso!”.

Para complementar a experiência, foram distribuídos atores vestidos como monstruosidades por todo o local — além de armas e itens variados.

O “fuzileiro”

Inicialmente, a ideia era a de atravessar toda a fase portando apenas uma única arma. Até aí, os apresentadores se deram bem. Entretanto, quanto a ideia foi a de realmente carregar as 80 libras (36 quilogramas) de equipamentos distribuídas pelo corpo até o final da fase... O tempo dos apresentadores simplesmente dobrou.

Mas, verdade seja dita, é difícil imaginar que o herói de Doom seja um sujeito de meia-idade sem grande força física ou treinamento especializado. Foi aí que entrou o ex-jogador de futebol e praticante de artes marciais Brendan Schaub. O lutador atravessou a fase em quatro minutos (batendo os tempos de Jamie e de Adam com folga) utilizando apenas uma arma.

Com duas? Apenas três míseros segundos de diferença. A Conclusão, portanto, é que, sim, caso você represente o estereótipo de herói musculoso imaginado pelos criadores da série, então deve ser possível atravessar toda uma fase como um depósito de armas militares ambulante.

Também frutas e samurais

É verdade que nem só de metralhadoras, granadas, kits e falta de fôlego vive o MythBusters. O referido episódio, por exemplo, também trouxe frutas e espadas samurai. Trata-se de outro teste, um tanto mais leve e açucarado (literalmente).

Isso porque Adam e Jamie resolveram testar também a curiosa proposta do game Fruit Ninja. Sem segredos aqui: apenas um bando de marmanjos arremessando frutas para cima, onde eram aguardadas pela espada de Adam ou pela motossera de Jamie. Muito elegante.

E também cheio de medidas de segurança — afinal, não deve ser muito convidativo ter alguém rodopiando uma serra em alta rotação a apenas alguns metros da sua cabeça. Não obstante, ambos se saíram bem, embora Jamie não tenha conseguido apenas a metade da sua pontuação máxima dentro do jogo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.