Voxel

Presidente da Activision afirma que DJ Hero causou abandono de Guitar Hero

Último Vídeo

Img_normal

Em entrevista à revista especializada em negócios Forbes, o presidente da Activision, Bobby Kotick, admitiu que a empresa deu mais atenção a DJ Hero do que a Guitar Hero, causando assim a decadência da franquia musical. Segundo ele, a ideia de que o jogo foi um dos mais vendidos de todos os tempos fez com que os desenvolvedores se dedicassem a um projeto mais complexo e, assim, diminuíssem o trabalho junto aos fãs das guitarras.

Para Kotick, os jogos com sucesso de crítica mas que fracassam nas vendas são as “piores derrotas”, e a Activision demorou tempo demais para perceber que o mercado para DJ Hero é muito pequeno. “Das pessoas que querem ser DJs, quantas querem fazer isso em um jogo para ganhar pontos, contra aquelas que realmente compram uma mesa para tal fim?”, questionou ele, explicando o fraco desempenho nas prateleiras.

Resumindo, o foco em DJ Hero impediu que novas versões de Guitar Hero tivessem inovação o bastante para cativar o público. Sendo assim, ambas foram retiradas do mercado de forma a serem reinventadas. “Temos o que chamamos de processo ‘pós-morte’ em que avaliamos o que causou tal fracasso e por qual motivo o título não atingiu o esperado”, concluiu Kotick.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.