Voxel

Presidente da Sony diz que reação negativa ao Xbox One foi “muito útil” para decisões de marketing do PS4

Último Vídeo

No começo da guerra foi assim: de um lado, Xbox One, o vilão. Do outro, PlayStation 4, o herói do povo. Mas agora os dois caíram nas graças do público porque ficaram páreos após a Microsoft ter desistido de implantar aquelas políticas restritivas no Xbox One pela repercussão mundialmente negativa que o fato gerou. E, segundo Shuhei Yoshida, presidente mundial da Sony, isso serviu como “fonte muito útil” para decisões de marketing do PS4.

“Muitas pessoas estavam opinando sobre o assunto na minha conta do Twitter antes da E3”, disse o presidente à revista Famitsu nesta semana. “Não que as políticas de hardware de nosso console tenham sido definidas com base na reação dos usuários, mas quando estávamos pensando sobre o que deveríamos trazer aos jogadores e como deveríamos trazer, isso serviu como uma fonte muito útil", ponderou o executivo.

Outro executivo que se pronunciou a respeito da questão foi Hiroshi Kawano, presidente da Sony para a divisão no Japão. “Sinto que estamos recebendo um feedback bastante positivo. Para esse sistema, fizemos uma lista daquilo que as pessoas esperavam de nós, debatendo cada ponto e tendo o feedback dos usuários como uma formação da base principal para a lista. Os desenvolvedores de softwares também diziam o que pensavam. Uma nova plataforma sempre oferece a base para novas formas de se jogar”, otimizou.

Nada que a força do feedback não faça, não é mesmo? Afinal, é ela que dita o que os jogadores estão pensando.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.