Voxel
17
Compartilhamentos

Prévia - The Witcher 3 promete experiência inesquecível na próxima geração

Último Vídeo
Img_normal

Em uma exibição na BGS a portas fechadas, a equipe de desenvolvimento da CD Projekt Red, responsável pelo aguardado The Witcher 3: Wild Hunt, mostrou um belo gameplay da sequência. E parece que a saga de Geralt está ainda mais sombria – mas com os melhores efeitos de luz e partículas possíveis.

A apresentação da demo já havia sido realizada na gamescom e na E3, e agora nós, brasucas, pudemos sentir de perto o sabor da experiência. O BJ esteve na restrita demonstração para conferir a olho nu se as promessas são realmente tentadoras ou descartáveis e se o gameplay corresponde às expectativas. A impressão positiva parecia estar escrita.

Mundo gigante e grandes inspirações

A continuação da jornada de Geralt traz um mundo ainda mais sombrio com a temática dos que curtem fantasia medieval. Características como exploração, coleta de itens, sistema de diálogos e escolhas estão presentes em peso e regados a uma dedicação gráfica impressionante.

Img_normal

Os aspirantes a Skyrim se sentirão em casa com as andanças e a ambientação. As límpidas campinas a serem exploradas têm um aspecto vivo e espontâneo. Em um determinado momento da demonstração, Geralt se depara com lobos, e uma forte tempestade assola o protagonista.

Cada relâmpago reluzia na tela e iluminava determinados elementos do cenário. As árvores têm reflexos incríveis replicados em silhuetas que dão inveja a qualquer desenhista profissional. A floresta, que estava escura, teve lampejos de iluminação com os relâmpagos da chuva.

O sistema de combate de The Witcher 3 bebe da fonte de Assassin’s Creed, mas tem características próprias. Ao se deparar com uma alcateia, Geralt saca a espada e faz movimentos naturais em todos os eixos de direção, ainda que isso implique uma certa repetição de golpes. Graficamente falando, é lindo de se ver.

Img_normal

Partículas, shaders e muito mais

A equipe da CD Projekt Red está determinada a entregar uma das melhores experiências visuais logo no começo do ciclo da próxima geração – The Witcher 3 sairá apenas para PS4, Xbox One e PC em 2014. Isso porque a demonstração exibida, mesmo em fase pré-Alpha, mostrou que esse quesito é uma prioridade.

Com bugs compreensíveis de algo que está em etapas de protótipo, o game apresentou efeitos impressionantes de partículas, aplicação de shaders e física. Ao caçar um monstro numa floresta nefasta, Geralt usa a magia de fogo em meio a folhas e uma forte ventania. As faíscas ficam ali durante vários momentos na batalha mesmo após terem sido utilizadas há algum tempo. O fogo se espalha de maneira natural, e a criatura se contorce à medida que isso ocorre.

A ventania, aliás, balança folhas, galhos e cabelos de acordo com o fluxo de direção do vento, e não num caráter aleatório – algo muito comum nesse quesito.

Img_normal

Tudo isso regado a um sistema de combate em tempo real que pegou todos os ingredientes dos dois games anteriores e criou o melhor tempero possível – com um sabor muito mais palatável. “E até o lançamento vocês verão muitas melhorias nas versões para todas as plataformas”, assegura a CD Projekt Red após o término da apresentação, que arrancou aplausos da plateia.

The Witcher 3: Wild Hunt será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC em 2014.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.