Voxel

Primeiro DLC de BioShock Infinite chega hoje ao Steam [vídeo]

Último Vídeo


Após alguns meses de espera (e diversas mensagens de Ken Levine em sua conta no Twitter), a Irrational Games revelou nesta terça-feira (30) o que podemos esperar dos DLCs de BioShock Infinite. O primeiro deles, batizado como Clash in the Clouds, chega hoje aos jogadores de PC que adquiriram o game através do Steam — o conteúdo adicional deve chegar ao Xbox 360 e ao PlayStation 3 em algum momento de agosto.

Estranhamente, o primeiro DLC é focado justamente no combate, um dos pontos mais controversos da aventura principal. Sem apresentar qualquer ligação com a história do game, o pacote adicional coloca a dupla Booker Dewiit e Elizabeth em quatro arenas nas quais é preciso derrotar diversas ondas de inimigos.

Img_normal
Quem sobreviver às 15 rodadas sem morrer pode colocar seu nome entre os quadros de pontuação criados pela Irrational Games. Mesmo aqueles que falhem nessa intenção podem usar as moedas coletadas durante as partidas na Columbian Archaelogical Society, espécie de loja na qual é possível adquirir estátuas de personagens, músicas-temas, artes conceituais, voxofones e kinetoscopes.

Uma volta a Rapture (cuidado, contém spoilers)

Caso você não tenha terminado BioShock Infinite ou o primeiro BioShock, é melhor não ler os parágrafos abaixo.

A Irrational Games também deu detalhes sobre os outros dois DLCs que o game vai receber, ambos conhecidos como Burial at Sea. Dividido em dois capítulos, o jogo vai trazer Booker e Elizabeth para os dias que antecedem a queda de Rapture.

Na trama, Elizabeth contrata o investigador Booker Dewitt para uma tarefa cujas consequências não ficam claras em um primeiro momento. Além de apresentar a cidade submersa sob um ponto de vista diferenciado, o DLC vai apresentar figuras inéditas e alguns rostos conhecidos dos fãs da franquia (apostamos nossas fichas em uma aparição de Andrew Ryan).

Img_normal
Porém, o que mais chama a atenção é o fato de que no segundo capítulo da trama vamos assumir o papel da própria Elizabeth. Embora a Irrational Games não tenha deixado claro como essa parte vai funcionar, Ken Levine deu a entender que esse segmento será bastante focado na furtividade e vai ter um clima digno de um verdadeiro survival horror — até o momento, não há previsão de quando Burial at Sea deve ser lançado, mas tudo indica que sua primeira parte chegará até o final de 2013.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.