Voxel

Produtor comenta sobre representação feminina em Gears of War

Último Vídeo

Img_normal

A série Gears of War sempre foi conhecida por seus personagens com músculos exageradamente grandes e com cara de poucos amigos. No entanto, o excesso de testosterona nos personagens parece não intimidar as garotas, que já comprovaram que curtem a saga de Marcus Fenix tanto quanto os homens. A Epic Games sabe disso e está se esforçando para manter esse público fiel.

De acordo com o grande nome do estúdio, Cliff Bleszinski, a desenvolvedora sempre pensou em formas interessantes de representar as mulheres e que elas só não estiverem presentes no primeiro jogo por falta de tempo. Em compensação, frisa Bleszinski, o recém-lançado Gears of War 3 mostra que as moças não são mais o sexo frágil, pois estarão lado a lado dos marmanjos empunhando armas e lutando contra os Locusts.

Além disso, ele comentou que não entende quais as razões que fizeram com que a franquia fosse tão popular entre as mulheres. Porém, ele deixou claro que o retorno dado por elas em eventos e conferências mostrou que é preciso saber trabalhar com personagens femininas, evitando o clássico estereótipo sexual que é muito comum encontrar. Para ele, foi a partir desse ponto de vista que a evolução da personalidade de Anya foi feita.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.