Voxel

Produtores de Dragon Quest X discutem port para PC e lançamento ocidental do game

Último Vídeo

Fonte: Divulgação/SquareEnix
É muito provável que você não saiba, mas Dragon Quest X, que é a saga de MMORPG mais querida do Japão está prestes a completar seu primeiro aniversário. O título foi lançado originalmente para o Nintendo Wii em 2 de agosto do ano passado, sendo que uma portagem da obra foi feita para o Wii U ainda no último mês de março.

Como de costume, nada foi divulgado ou anunciado no que diz respeito a uma transposição de idiomas que possa atender ao lado ocidental do mundo. No entanto, a Square Enix conseguiu surpreender uma porção de pessoas quando anunciou que agora, a companhia já está dedicando seus esforços para que o game seja portado para os computadores.

O produtor de Dragon Quest X, Yosuke Saito, afirmou ao site da revista Famitsu que tem plena consciência da surpresa que o anúncio gerou no público fã de RPGs em geral. “ A principal razão que nos levou a fazer isso foi que, quando pensávamos em quais plataformas seria mais natural a conexão com uma rede online, o PC foi a primeira resposta que nos veio à mente”, explica o Saito.

Em tempo, Yuu Miyake (produtor-executivo da série) já foi mais direto e afirmou que, atualmente, produzir e lançar um trabalho tão grande exclusivamente para um console está se tornando cada vez mais difíceis de executar. “Os estilos de jogo de cada jogador estão ficando cada vez mais segmentados, o que não nos permite mais trabalhar com exclusividade”, afirma  Miyake, que conclui dizendo que é preciso criar um novo modelo de negócios, que não acabe simplesmente com a venda do produto.

Com essa chegada de Dragon Quest X para os computadores, só podemos imaginar que a produção deve estar sendo preparada para ser lançada nos EUA (ou seja, em território ocidental). Sobre isso, o produtor-executivo do game fez questão de confirmar a intenção da ampliação da distribuição do título, mas também foi categórico em afirmar que a diferença em cada segmento de jogadores fará com que DQ X não seja um mesmo jogo no mundo inteiro, a exemplo de Final Fantasy XI.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.