Voxel

Produtores japoneses comentam suas expectativas sobre o PS4

Último Vídeo


Quase um mês depois do anúncio do PlayStation 4, muito ainda se fala sobre o novo console da Sony. Por mais que nenhuma novidade sobre o sistema tenha sido revelada desde sua apresentação, o conteúdo exibido durante o PlayStation Meeting serviu para deixar as expectativas lá em cima. No entanto, o que os desenvolvedores estão pensando sobre tudo isso?

A revista japonesa Famitsu decidiu ir atrás de respostas e entrevistou vários nomes importantes da indústria nipônica para saber o que eles estão pensando sobre a nova geração de consoles e como seus estúdios podem aproveitar tudo isso em projetos futuros.

Img_normal
Atsushi Inaba, produtor da Platinum Games

Contrariando boa parte da empolgação ocidental, Atsushi Inaba afirmou não ter tanto interesse nas capacidades gráficas do PS4 ou em suas especificações de hardware. Por mais que ele saiba que elas sejam impressionantes, é difícil fazê-las competir com o constante crescimento dos PCs. Para ele, o verdadeiro futuro está na criação de um “ambiente periférico” e afirmou que está curioso para ver como a Sony vai trabalhar com isso.

Yuji Korekado, produtor criativo da Kojima Productions

Se Hideo Kojima se mostrou empolgado com as funções sociais do sucessor do PS3, o produtor criativo de seu estúdio, Yuji Korekado, demonstrou seu entusiasmo com as possibilidades visuais da plataforma. Para ele, isso vai permitir uma melhoria na forma com que partículas e outros efeitos, como fumaça e movimento da água, são apresentados — o que deve deixar a próxima geração ainda mais bonita.

Img_normal
Hiroyuki Kobayashi, produtor da Capcom

Já o produtor de Resident Evil 6, Hiroyuki Kobayashi, apontou à Famitsu o potencial que os recursos sociais podem trazer. Segundo ele, a forma com que os jogadores podem compartilhar e receber esses conteúdos pode mudar a experiência de um jogo, o que se transforma em um novo desafio para os desenvolvedores.

Jiro Ishii, diretor da Level-5

No entanto, o maior desafio oferecido pelo botão Share é apontado pelo diretor Jiro Ishii. Para ele, apesar de ser divertido compartilhar uma proeza ou até mesmo uma falha de um game de ação, uma aventura com o foco na história pode ser prejudicada caso o recurso seja utilizado para a divulgação de spoilers. Por isso, ele imagina um jogo em que o recurso altera o curso da narrativa, criando uma experiência diferenciada para cada indivíduo.

Img_normal

Keiichiro Toyama, diretor da Sony Computer Entertainment Japan Studio

O diretor da Sony Japan, Keiichiro Toyama, pensa de maneira semelhante. Ele afirma que gostaria de dar vida a uma história épica de aventura baseado em um mundo de fantasia que aproveitasse exatamente os recursos sociais do PS4. O diferencial seria que, em vez de focar em itens e demais parâmetros, a experiência giraria em torno do compartilhamento de sensações.

Hisashi Koinuma, produtor da Tecmo Koei

Enquanto isso, o produtor da Tecmo Koei mostrou interesse na utilização de uma segunda tela no PS4. Segundo Hisashi Koinuma, a conexão com o PlayStation Vita, tablets e smartphones vai tornar o mundo dos consoles muito mais interessante, principalmente por conta da importância que os dispositivos móveis ganharam no cotidiano das pessoas.

Fonte: Polygon

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.