Voxel

Professor diz que o Wii Vitality Sensor não funcionou porque a Nintendo não sabia o que fazer com ele

Último Vídeo

Fonte da imagem: Divulgação/Nintendo

Durante a sua apresentação na E3 de 2009, a Nintendo anunciou o Wii Vitality Sensor. O acessório mediria seus batimentos cardíacos através de um sensor preso ao seu dedo. Com as informações do seu organismo, o sistema utilizaria maneiras de fazer com que o jogo se adaptasse ao jogador. Isso ou algo parecido, já que nunca ficou muito claro quais eram os planos da Nintendo. Talvez, por causa disso, o Vitality Sensor caiu no esquecimento.

Agora, um professor de uma empresa de neurotecnologia afirma que o Vitality Sensor não teve sucesso porque a Nintendo não sabia o que fazer com o acessório. Roger Quy, professor que trabalha com a empresa Technology Partners, disse durante a NeuroGaming Conference que a Big N descartou o Vitality Sensor depois de perceber que não conseguiria utilizá-lo de maneira prática.

De acordo com Quy, depois que a empresa descobriu que o sensor conseguia medir os batimentos cardíacos do jogador, ele não conseguiria mensurar outras variações do organismo. No fim das contas, o aparelho tinha como efeito o mesmo resultado de alguém que colocou os dedos nos pulsos para medir os batimentos.

A união desses elementos fez com que a Nintendo optasse em engavetar o projeto e agir como se ele nunca tivesse existido. Você acha que foi uma decisão bem tomada da parte da Nintendo ou estava ansioso com o acessório?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.