O Digital Foundry revelou hoje mais uma das análises técnicas de jogos, dessa vez mostrando as diferenças gráficas e técnicas entre as versões de console de Project Cars 2, como resoluções, detalhes e taxas de quadro por segundo. No vídeo, o Xbox One, PlayStation 4 e PlayStation 4 Pro são comparados.

Basicamente, as versões de console são idênticas em qualidade visual de modelos, texturas e muito mais. As maiores diferenças ficam na resolução e atualização de frames por segundo, que variam de versão para versão. Basicamente, o PlayStation 4 Pro sai na frente, como esperado, seguido pelo PlayStation 4 comum e, por último, pelo Xbox One. Confira:

Todas as versões têm resolução e taxa de fps dinâmicas, variando em cada console. No PlayStation 4 Pro, a resolução varia de 1360p até 1440p dependendo do estresse de CPU e GPU (a quantidade de carros e condições climáticas impactam diretamente), tudo em 60 fps quase constantes (com pequenas quedas que vão até 58 fps, uma perda mínima). Apesar de ser a versão mais fluída, há uma ressalva: em trechos que exigem mais poder de fogo, o game usa Adaptive V-Sync, o que causa screen tearing na jogatina.

No PlayStation 4 comum a situação é parecida, mas com perda de resolução e performance: a resolução vai de 864p até 1080p, com resoluções variáveis em cada situação. Quanto ao framerate, normalmente ele consegue se manter em 60 fps, mas com quedas até 55 fps ou em casos extremos, 50 fps. Em situações de estresse, a versão do PS4 fica na média dos 45 fps com screen tearing por causa do Adaptive V-Sync, bem similar ao que ocorria no primeiro Project Cars.

Project Cars 2, jogo, carro

Por fim, temos a versão de Xbox One. De certa forma, ela é similar à versão do PS4, mas com performance e resoluções levemente aquém. A resolução do console vai de 864p até 972p, enquanto a taxa de quadros é similar à do PS4, mas com a chance de cair um pouco mais, ficando perto da casa dos 30 fps (entre 35 fps e 39 fps) em situações de estresse e quando a câmera está na visão do capô, algo que pode colocar efeitos alfa maior na tela e exigir mais da máquina (esse teste não foi feito no PlayStation 4 e PlayStation 4 Pro).

Como o teste de estresse funciona?

Muito foi falado do teste de estresse, mas o que ele é? Basicamente, esse teste envolve uma corrida em uma pista com muitos elementos no cenário, com 32 carros e com o clima determinado para tempestade. Em outras palavras, máximo de elementos possíveis em exibição, com o maior esforço da CPU para controlar a IA e clima de chuva para trazer efeitos alfa na tela.

Project Cars 2, jogo, carro

Nesse caso, a resolução vai para a menor possível em cada console, que é 1360p no PlayStation 4 Pro e 864p no PlayStation 4 comum e no Xbox One, além de ter quedas de fps e ativação do Adaptive V-Sync, que causa screen tearing.

Agora, falta o PC e o Xbox One X

Como conclusão, o Digital Foundry afirmou que, atualmente, o PlayStation 4 Pro tem a melhor versão do game. E não é para menos nem uma surpresa para ninguém, já que se trata do console mais poderoso da atualidade (já que o Xbox One X ainda não foi lançado até a data da publicação). Porém, o canal ressalta que a versão do PS4 Pro não é a ideal para TVs 4K, já que a resolução é relativamente baixa para os aparelhos, e que a melhor forma de jogar é em uma TV 1080p.

Project Cars 2, jogo, carro

O Digital Foundry não fez o teste da versão de PC, mas não há muito segredo também. Em testes futuros, provavelmente veremos que é a versão mais bonita e estável, mas que requer o hardware para isso. Por fim, teremos que esperar o Xbox One X lançar para ver como ele vai lidar com Project Cars 2.