Voxel
72
Compartilhamentos

Project CARS: dev fala sobre utilização dos hardwares de Xbox One e PS4

Último Vídeo

Project CARS é definitivamente um jogo de corrida ao qual devemos dar atenção. O game, que será lançado pela Slightly Mad Studios para todas as plataformas da próxima geração – Wii U, PS4 e Xbox One – e o PC, trará propostas bastante ambiciosas para a simulação automobilística.

Uma das dúvidas que giram em torno do visual do jogo é a diferença entre a versão de Xbox One e a de PS4. Andy Tudor, diretor-criativo de Project CARS, falou um pouco sobre o eSRAM do Xbox One e a memória unificada do PS4.

O diretor explicou que a equipe de desenvolvimento está utilizando eSRAM para armazenar renderizações atrasadas. A renderização atrasada é um processo em que o sombreamento não é realizado durante a primeira passagem do vértice e dos pixel shaders, ou seja, esse procedimento é “adiado” até uma segunda passagem. Em palavras simplificadas, a renderização gráfica de alguns elementos pode ocorrer com atraso.

“Nossa engine utiliza uma abordagem de renderização de luz em pré-passagem, e após experimentarmos um número de diferentes variações, descobrimos que seria mais eficiente utilizar eSRAM para reter alvos de renderização atrasados. A utilização cuidadosa do eSRAM para as diversas etapas de renderização suaviza algumas das vantagens que o PS4 tem com sua memória mais rápida unificada em GDDR5”, afirmou Tudor em entrevista ao site GamingBolt.

De PS3 e Xbox 360 para PS4 e Xbox One

Como já sabemos, Project CARS foi originalmente concebido para o Xbox 360 e o PS3. Perguntado sobre o desejo de levar o game para a próxima geração, Tudor disse que os recursos de compartilhamento e as vendas reduzidas (de jogos da geração atual) motivaram o lançamento do game em plataformas da próxima geração.

“Houve uma série de fatores que influenciaram a mudança... Primeiramente, o poder dos consoles da nova geração, que permite que o jogo seja exibido da maneira que deveria ser exibido. A arquitetura dos novos sistemas torna o processo de desenvolvimento mais fácil. Vimos que os recursos de compartilhamento nos dois consoles [PS4 e Xbox One] são extremamente engajadores aos fãs. Sem falar na possibilidade da autopublicação de títulos. (...) O espaço no mercado para jogos desta geração só vai diminuir. No geral, houve uma quantidade de argumentos que contribuíram para que déssemos o passo certo”, explicou o diretor.

Project CARS será lançado em 2014 para PlayStation 4, Xbox One, Wii U, PC e SteamOS.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.