Project CARS foi feito pela comunidade e para a comunidade, diz executivo

Project CARS foi feito pela comunidade e para a comunidade, diz executivo

Último Vídeo

Na última segunda-feira (6), a Bandai Namco Games realizou, em São Paulo, um evento que antecede a Brasil Game Show 2014. Na ocasião, a equipe do BJ teve a oportunidade de conversar com Brian Hong, gerente de marketing e produto da empresa, para saber um pouco mais sobre Project CARS

No bate-papo, Hong comentou que Project CARS contou com o apoio financeiro dos jogadores. Em uma campanha realizada pelo time da Slightly Mad Studios, foram arrecadados US$ 6 milhões para o desenvolvimento do game, e os milhares de jogadores que contribuíram se tornaram membros do projeto. 

Isso deixou claro que a ideia da produtora era de trabalhar com os jogadores. Eles perguntaram à comunidade quais carros gostariam de ver e correram atrás das licenças para inclui-los no jogo. O trabalho para construir os bólidos muitas vezes contou com fotos enviadas pelos membros da comunidade, e a partir de então o time de desenvolvimento trabalhou para renderizar cada um deles, incluindo seus interiores. 

Outra ideia de que a produtora está comprometida com a comunidade é o fato de que todos os carros estarão habilitados já no primeiro dia, bem como as pistas (afinal, nem todos os jogadores possuem tempo para desbloquear tudo que existe em um jogo). Sendo assim, qual será o desafio aqui? “Construir uma carreira e ver o quão longe o jogador consegue ir nela”, comentou o executivo.

Sobre a versão de Wii U 

Durante o bate-papo, também foi mencionado que o time de desenvolvimento está tomando cuidado para que a versão destinada ao Wii U ofereça a mesma experiência vista nos outros consoles. O GamePad será utilizado no game, mas não foram mencionados detalhes sobre como ele vai funcionar no game. 

Project CARS será lançado em 18 de novembro para PC, PlayStation 4 e Xbox One. A versão para Wii U é aguardada para 2015, mas sem data exata definida.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.