Empresa que desenvolveu o replay em PUBG quer permitir anúncios na função
120
Compartilhamentos

Empresa que desenvolveu o replay em PUBG quer permitir anúncios na função

Último Vídeo

É isso mesmo que vocês leram. A Minkonet, empresa que trouxe a tecnologia de replay 3D para o PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG) decidiu ir além. Para aumentar a monetização no game, eles criaram uma nova ferramenta que irá inserir propagandas dentro da função no jogo.

Ainda não está muito claro como vai funcionar, mas não precisa ficar irritado achando que isso vai atrapalhar seu gameplay. Pelo que parece, os anúncios só serão inseridos em placas e objetos dentro dos replays das partidas. Por isso, não devem prejudicar o aspecto geral do game.

Se você já está aí chamando os desenvolvedores de PUBG de mercenários, se acalme: os jogadores também deverão ser beneficiados com essa nova ferramenta. Segundo a Minkonet, as propagandas serão interativas e quem interagir com elas receberá algum tipo de benefício.

Além disso, você poderá personalizar quais anúncios aparecerão em seus replays. Assim, os criadores de conteúdo terão mais uma forma de vender cotas de patrocínio para as empresas. Os youtubers já podem abrir aquele sorrisão.

Propagandas nos games

As publicidades dentro dos jogos não é exatamente uma novidade. A EA já utilizou este artifício ao apresentar anúncios verdadeiros em jogos como Battlefield: 2142. Isso já foi usado até mesmo para a disputa da Casa Branca americana, quando anúncios da candidatura de Barack Obama foram inseridos no game Burnout Paradise, em 2008.

Para a Minkonet, essa é uma forma mais atrativa para que empresas invistam em publicidade nos jogos. Isso porquê os anúncios são orgânicos e não atrapalham a experiência dos consumidores, diferente das propagandas do YouTube e Twich, por exemplo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.