Protótipo do Wiimote para o Gamecube é leiloado no Japão

Protótipo do Wiimote para o Gamecube é leiloado no Japão

Último Vídeo

Há algum tempo, surgem na internet leilões que vendem peças e consoles ainda em fase de teste, dando uma noção do que as empresas pensavam de seus videogames até refiná-los o suficiente para colocá-los no mercado. O caso mais recente aconteceu no Japão, em que um protótipo do Wiimote foi leiloado por US$ 660. O mais interessante aqui é que o protótipo é compatível com o Nintendo Gamecube.

Anos atrás, antes do lançamento do Wii, a Nintendo preparava o seu novo console enquanto tentava fazer o Gamecube, um console que tinha várias boas ideias que o mundo ainda não estava preparado para abraçar, emplacar. Para dar a oportunidade de desenvolvedores criarem e testarem os jogos que lançariam no novo console, ainda chamado de Revolution na época, a Nintendo criou protótipos do Wiimote e da barra de sensores compatíveis com o Gamecube.

É possível notar que o Wiimote em si é menor do que o acabou sendo produzido com o lançamento do Wii, além da cor cinza. O controle, que também acompanha uma versão prévia do Nunchuk, era conectado através da porta de joystick do Gamecube, além de contar com uma porta ethernet para conectar a barra de sensor na entrada de Memory Card do console.

Muitos duvidaram da legitimidade do controle, mas o desenvolvedor James Montagna comentou no seu Twitter que de fato se recorda do controle da época em que trabalhava em títulos de lançamento para o Wii, na época que o console ainda se chamava Nintendo Revolution.

Fica aí mais um pedacinho da história oculta dos consoles, dando a deixa para imaginar o que mais empresas como Sony, Nintendo, Sega e Microsoft ainda não revelaram ao mundo sobre os testes de novos produtos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários