Voxel

PS Vita: lucros só depois de três anos

Último Vídeo


Ao juntar em uma mesma equação o poder de fogo e os preços anunciados para o PlayStation Vita — US$ 249,99 (WiFi) e US$ 299 (3G/WiFi/ AT&T) —, fica fácil chegar a determinada conclusão: vai demorar um pouco para a Sony extrair algum lucro do seu novo console portátil. De fato, em entrevista à agência Reuters Japan, o diretor corporativo da Sony, Kaz Hirai, afirmou que a empresa comercializará o Vita com prejuízos durante três anos.

Conforme destacou o site Examiner.com, tal expediente já era esperado da Sony, que já havia experimentado algo semelhante com o PlayStation 3 — mesmo com o preço inicial de US$ 600, a empresa afirmou que levava prejuízo em cada console fabricado.

Não obstante, o chefão da SCE WorldWide Studios, Shuhei Yoshida, afirma que o valor anunciado havia sido planejado há muito tempo. “A experiência com o PlayStation 3 foi difícil para todos nós”, afirmou Yoshida em entrevista ao site Gamesindustry.biz. “Dessa forma, quando nós começamos o trabalho com o Vita três anos atrás, nós estipulamos metas, e uma delas era o preço de US$ 249; isso foi durante a primavera de 2008”.

Aparentemente, a Nintendo continua como a única fabricante de hardware a obter lucros logo após o lançamento de uma nova tecnologia — algo que encontra justificativa na natureza conservadora da Big N no que tange o desenvolvimento de novos produtos.

Embora a Sony tenha afirmado que o Vita daria as caras até o final do ano, a empresa ratificou o anúncio, afirmando que apenas o Japão verá o console antes do final de 2012. O restante do globo provavelmente será contemplado em algum momento de 2012... Com ou sem lucros.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.