PUBG vai mudar para se alinhar “aos valores do socialismo” na China
322
Compartilhamentos

PUBG vai mudar para se alinhar “aos valores do socialismo” na China

Último Vídeo

Após meses de negociação, a PUBG Corp. e a Tencent anunciaram na última quarta-feira (22) uma parceria para trazer PLAYERUNKNOWN’s Battlegrounds oficialmente para a China. No entanto, o game não vai ser exatamente igual ao que conhecemos por lá, devendo passar por adaptações para se adaptar “aos valores do socialismo” em voga no país.

PUBG

“Vamos fazer nosso melhor para apresentar um grande game aos usuários chineses trabalhando em proximidade com a companhia”, afirmou C.H. Kim, CEO da PUBG Corp. “A Tencent vai localizar e operar o game ao atender às preferências dos jogadores chineses. Também vamos oferecer uma experiência diferente e divertida no PC”.

Um pronunciamento da Tencent traduzido pela Reuters dá a entender que o título também vai passar por modificações para corresponder melhores aos valores tradicionais e às regras morais da China, mas as mudanças não foram especificadas. Além de PUBG, a Tencent tem investimentos em empresas como Activision Blizzard, Epic Games e na Supercell, desenvolvedora de Clash Royale, além de ser dona da Riot Games — algo que a ajuda a ser o maior nome da área no mercado chinês.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.