Voxel

Q-Games revela tecnologias criadas para a produção de The Tomorrow Children

Último Vídeo

Em publicação na edição europeia do PlayStation Blog, Dylan Cuthbert, presidente e produtor executivo da Q-Games, contou um pouco sobre três das várias tecnologias criadas pelo estúdio para a produção de The Tomorrow Children — título exclusivo do PlayStation 4 que ainda não possui previsão de lançamento.

Além das informações passadas pelo produtor, a Sony veiculou três vídeos que acompanham os detalhes desses recursos desenvolvidos especificamente para este jogo, incluindo um time lapse que mostra a transição temporal, os efeitos de iluminação da cidade e o funcionamento do sistema de materiais e modificação dos cenários.

Em busca de uma experiência única

Em relação ao visual de The Tomorrow Children, a equipe deu atenção especial à cinematografia, desenvolvendo processamentos de cores avançados que visam fazer com que o cérebro não apenas “veja” o que está aparecendo na tela, mas também “imagine” novas situações e coloque o jogador realmente dentro do game.

Sobre a iluminação, Cuthbert comentou que eles queriam aplicar algo único. Para isso, o estúdio pesquisou e inventou o “rastreamento do raio voxel em cascata”, conceito que envolve cálculos e mecanismos de armazenamento de luz para produzir dados volumétricos capazes de promover uma iluminação multidirecional que leva em conta a movimentação do personagem principal.

Por fim, a Q-Games investiu ainda na criação de uma tecnologia chamada “cubos de profundidade em camadas”, a qual permite a construção de paisagens virtuais deformáveis. O diferencial desse recurso é que ele não representa o mundo com a adoção de polígonos, mas como volumes que podem ser convertidos em polígonos, se necessário. Tal característica traz como vantagem uma manipulação facilitada de dados, tornando o jogo mais dinâmico.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.