Voxel

“Queria que essa geração durasse muitos anos a mais”, lamenta chefe de Halo 4

Último Vídeo

Chefe de desenvolvimento da 343 Industries, de Halo 4, Frank O’Connor é uma pessoa que entende a indústria de games e a cabeça do consumidor, mas não concorda com uma coisa: para ele, o Xbox 360 ainda tem muito a oferecer e poderia ficar por mais alguns anos como console principal, assim como seus concorrentes de geração.

Em entrevista ao Games Industry, o executivo fala que muitas perguntas sobre o potencial do 360 já surgiram, mas sua opinião continua a mesma. “Esta já é a mais duradoura das gerações e há uma boa razão para isso, que é a dos consoles atuais serem incrivelmente flexíveis e ainda muito poderosos”, argumenta.

Ele também tem uma resposta pronta quando afirmam que Halo 4 estaria no limite do console: para O’Connor, o game explora um potencial que ainda existe na máquina e, mesmo daqui a vários anos, ele ainda será bastante útil, capaz de servir e entreter muita gente. E nem precisa ser para games, já que os aparelhos hoje ocupam várias funções, como reproduzir Blu-rays, por exemplo.

O desenvolvedor ainda se diz contrário aos fãs mais hardcore, que vivem pedindo novo hardware a todo momento. “Nós sabemos que um novo aparelho vai surgir, ele sempre surge, mas penso que a utilidade dos consoles antigos será mais duradoura que antes”, conclui o nostálgico O’Connor.

Fonte: Games Industry

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.